Faça seu agendamento: (51) 3222-5410 | 3314-8555 | 3314-8556

Image

Blog

Em 1° de outubro de 2015, a Federação Internacional de Ginecologia e Obstetrícia (FIGO) emitiu sua opinião sobre a exposição humana a substâncias químicas tóxicas no International Journal of Gynecology and Obstetrics. Em parecer escrito por ginecologistas, obstetras, cientistas, profissionais de saúde reprodutiva e instituições médicas e de ensino,a FIGO relacionou produtos químicos a diversos problemas de saúde.

Aproximadamente 70 milhões de casais no mundo atualmente são inférteis. Para muitas pessoas ter filhos é imensamente importante e não tê-los pode se constituir em um grande problema. Existem várias consequências sociais e psicológicas decorrentes da infertilidade e as mulheres, de modo geral, são mais afetadas.

"Neste mês de novembro, o Conselho Federal de Medicina, conforme Resolução n. 2168/2017, reduziu para TRÊS anos o prazo para que os embriões armazenados nas clínicas de reprodução assistida possam ser descartados.

Esta resolução vale tanto para casais que não desejam mais manter seus embriões congelados quanto para os casos de abandono, que são as situações onde os casais deixaram seus embriões congelados há mais de três anos e não mais entraram em contato com as clínicas para manter o congelamento.

Em ambos os casos, o Conselho federal de Medicina autoriza o descarte de embriões."

 

Resolução CFC 2017