Faça seu agendamento: (51) 3222-5410 | 3314-8555 | 3314-8556

Image

Reprodução assistida: quais tratamentos posso realizar com a pandemia?

Quando o casal está com dificuldades em ter filhos, a reprodução assistida pode ser essencial para que esse sonho se torne realidade. As opções de tratamento contribuem no processo de fertilização, aumentando as chances de uma gestação bem sucedida.

 

Para que o tratamento adequado seja realizado, há uma série de exames que ajudam a identificar a causa da fertilidade. Conforme o diagnóstico, serão sugeridas as terapias mais eficazes, como a indução da ovulação, intervenção cirúrgica e fertilização in vitro. Caso a caso será avaliado, a fim de que o método com melhores resultados seja aplicado. A partir do diagnóstico de infertilidade, a indicação é procurar auxílio especializado.

 

Com a pandemia do novo coronavírus, muitas pessoas estão em dúvida sobre esse processo, já que a recomendação é a de distanciamento social. Porém, quem deseja gestar deve procurar ajuda imediatamente, pois a reprodução assistida demanda tempo, envolvendo avaliação médica e exames. Os cuidados são os mesmos para todos na vigência da pandemia. No Hospital Moinhos de Vento, os pacientes estão sendo intercalados em horários espaçados, seguindo todos os protocolos recomendados pelos órgãos de vigilância em saúde.

 

Por isso, é possível orientar e atender esses pacientes sem necessidade de postergar o sonho da gestação. Até o momento, não existem evidências científicas que comprovem a passagem do vírus para o feto. Sendo assim, não há contraindicação de gestar naturalmente e o mesmo se aplica às técnicas de reprodução assistida. O tempo prolongado de espera pode até mesmo afetar a reserva ovariana, então é importante priorizar o tratamento. 

 

A Sociedade Brasileira de Reprodução assistida, em conformidade com as sociedades americana e europeia, recomenda ciclos de fertilização in vitro e o congelamento de óvulos individualizados caso a caso, sempre observando-se todos os cuidados de segurança ao paciente é aos profissionais.