Faça seu agendamento: (51) 3222-5410 | 3314-8555 | 3314-8556

Obesidade masculina afeta fertilidade

Os avanços nos estudos da reprodução humana permitem afirmar que a obesidade masculina também influencia na fertilidade. Antigamente, acreditava-se que esse não era um problema, que apenas a obesidade feminina interferia na fertilidade do casal.

A obesidade masculina diminui a qualidade do esperma. E quanto maior o sobrepeso, menor a qualidade. Além disso, o excesso de peso interfere na mobilidade dos espermatozoides. Outra consequência da obesidade masculina é a diminuição da produção de espermatozoides.

Os estudos trouxeram uma boa notícia também, pois pacientes que emagrecem – ainda que não todos - conseguem voltar a ter um esperma saudável.

Quando um casal não consegue engravidar, é preciso que seja feita uma investigação meticulosa para a detecção das reais causas da infertilidade. O foco não deve ser somente a saúde da mulher, mas do homem também.