Faça seu agendamento: (51) 3222-5410 | 3314-8555 | 3314-8556

Movimento da Fertilidade em Porto Alegre: iniciativa conscientiza população sobre a capacidade de ter filhos

 

Movimento da Fertilidade - Porto Alegre
Data: Sábado, 28 de julho de 2018
Horário: 8h às 11h
Local: Parque Moinho de Vento
Inscrição solidária: Os interessados devem doar um pacote de fraldas no dia do evento. As primeiras 200 pessoas ganharão um kit com camiseta + viseira.


Programação

08h00 - Abertura, credenciamento e entrega de kits mediante a inscrição solidária

08h20 - Aula de Zumba

09h00 - Orientação Médica: Movimento da Fertilidade – Prevenção da Infertilidade Humana

09h15 - Aula de FitDance

10h00 - Intervalo

10h10 - Treino Funcional para Corrida (30 minutos funcional + 20 min caminhada)

10h50 - Encerramento e agradecimentos

Os cuidados para preservar a fertilidade natural e os riscos da gravidez tardia são os objetivos da terceira etapa do Movimento da Fertilidade que desembarca na capital Porto Alegre em 28 de julho para uma manhã de atividades esportivas e um bate papo descontraído com equipe médicas especializadas em reprodução humana. O público alvo são jovens em idade reprodutiva - dos 20 aos 35 anos, que representam hoje cerca de 25% da população do país. As atividades físicas acontecem no Parque Moinho de Vento.
Além de dar dicas de como otimizar a fertilidade por meio dos métodos naturais, os ginecologistas e embriologistas vão tirar dúvidas sobre os procedimentos de reprodução assistida. A iniciativa da Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida (SBRA) também vai orientar àqueles que desconhecem os riscos de uma gravidez tardia - isso porque, de acordo com o IBGE, as gestações entre 30 e 39 anos aumentaram de 22,5% para 30,8% nos últimos anos.
“Uma parcela da população que opta por adiar a gravidez ainda desconhece as chances do resultado ser bem sucedido. Queremos propagar essa mensagem porque a idade é um fator determinante para a fertilidade. Ao longo da vida, os óvulos envelhecem e a produção de espermatozoides perde qualidade. Todo esse processo demanda um planejamento prévio”, explica a presidente da SBRA, Hitomi Nakagawa.
A programação matinal contempla ações educativas com foco na saúde, entre elas: aulas de dança, treinamento funcional e massagens express. A inscrição, é solidária, e deve ser realizada no ato do evento. Os interessados devem levar um pacote de fraldas, que será doado a entidades de acolhimento a mães e bebês carentes. Outras duas capitais das regiões Sul e Centro Oeste também sediam a terceira etapa do Movimento, Curitiba (PR) e Goiânia (GO), no dia 28 de julho.

DADOS - A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera infértil um casal que mantém relações sexuais sem métodos contraceptivos durante 12 meses sem engravidar. Segundo a OMS, há mais de 50 milhões de pessoas no mundo nessa condição sendo que 8 milhões de brasileiros podem ser inférteis. "Por isso, queremos estimular nas pessoas uma consciência sobre o tema e sobre a importância de adotar hábitos saudáveis de vida somado à uma rotina de acompanhamento médico”, afirma Nakagawa.