Faça seu agendamento: (51) 3222-5410 | 3314-8555 | 3314-8556

Infertilidade pode ter inúmeras causas

Engravidar é o sonho de muitos casais, embora ne todos se programem para isso. Mas quando a gravidez demora a acontecer, começam a surgir dúvidas e a preocupação com a infertilidade. Ainda existe o mito de que a infertilidade está, normalmente, relacionada à mulher, mas isso não é verdade.

A origem da infertilidade se divide em: 30% no homem, 30% na mulher, 20% relacionada a ambos e 20% de origem desconhecida, quando não é detectado nenhum problema com o casal e, ainda assim, a gravidez não acontece.

As principais causas de infertilidade na mulher são: fator ovulatório (que pode ser problemas com a ovulação, ausência da mesma ou baixa qualidade dos óvulos), fator tubário (lesões ou obstruções nas trompas de falópio), endometriose, doenças sexualmente transmissíveis como a clamídia. Existem outros fatores de risco possíveis: baixa receptividade do endométrio, consumo de álcool, doenças de tireoide, drogas, fumar, obesidade e uso de antidepressivos.

No caso do homem, as principais causas da infertilidade são: baixa qualidade e/ou mobilidade dos espermatozoides, varicocele (40% dos casos de infertilidade masculina tem origem nessa doença), problemas de ereção e alterações no trato genital. Outros fatores de risco: anabolizantes, consumo de álcool, drogas, fumar e obesidade.

Se o casal começa a tentar engravidar e não consegue no primeiro ano ou em seis meses – quando a mulher já tem 35 anos -, o ideal é procurar um profissional para investigar se existe algum problema e qual a solução.