Faça seu agendamento: (51) 3222-5410 | 3314-8555 | 3314-8556

Infertilidade ainda é tabu para muitos homens

Embora homens sejam, em média, responsáveis por 30 a 40% dos casos de infertilidade no casal, mesmo percentual das mulheres, a maioria considera o assunto um tabu. Por evitarem ir ao médico com a mulher ou procurar um urologista, muitos homens acabam retardando a realização do desejo de ser pai.

Um recente estudo realizado com homens da América do Norte, Europa, Austrália e Nova Zelândia mostrou que a concentração de espermatozoides caiu de 50 a 60% no período entre 1973 e 2011.

Para os pesquisadores, dentre as possíveis causas desse cenário estariam: a obesidade, o tabagismo, o consumo de álcool e o sedentarismo. O estudo foi publicado na revista da Sociedade Europeia de Reprodução Humana e Embriologia (Human Reproduction Update).

Outros fatores da vida moderna que se somam aos anteriores são o estresse e a poluição. Além disso, clamídia, gonorreia, traumas físicos nos testículos ou regiões muito próximas, ejaculação retrógrada – quando o sêmen é lançado para a bexiga –, azoospermia – ausência de espermatozóide no sêmen – e a varicocele também contribuem para a infertilidade masculina.

A Segir - dando continuidade ao ciclo de palestras para a comunidade - fará apresentação gratuita sobre este tema no próximo dia 02 de setembro.