Faça seu agendamento: (51) 3222-5410 | 3314-8555 | 3314-8556

Fertilidade: um projeto de vida

Cerca de 15% dos casais apresentarão alguma dificuldade para engravidar. Após avaliação clínica e laboratorial, muitas vezes se identificam causas masculinas e femininas e os tratamentos variam desde medicações até cirurgias e fertilização "in vitro". Entretanto, mesmo com o auxílio da reprodução assistida, nem sempre a tão esperada gestação acontece na primeira tentativa. Muitos casais farão vários tratamentos até que o HCG dê positivo.

Todos estes procedimentos têm um custo, de tempo, de ausência no trabalho, econômico, mas, sem dúvida, o envolvimento emocional é o mais caro. É importante que o casal compreenda as várias etapas dos tratamentos, as chances de sucesso e, sobretudo, que esteja bem alinhado nas suas motivações, pois a segurança e a tranquilidade que um membro do casal dá ao outro é o melhor suporte emocional para atravessar esta etapa da vida a dois.

A chegada de uma nova vida e a construção de uma família é uma bênção de muitos, mas nem todos têm essa sorte. Muitas mulheres acabam se sentindo culpadas e inúteis por serem estéreis. De acordo com reportagem do Fantástico "Fertilidade, um Projeto de Vida" , muitos casais sofrem com a impossibilidade de ter filhos. O problema muitas vezes é causado por uso de anabolizantes, drogas, sedentarismo, obesidade e contato com calor excessivo.

Segundo o Dr. Mário Cavagna, do Centro de Reprodução Humana de São Paulo, é preciso investigar também o homem, que é responsável em 50% dos casos. Isso acontece pelo fato de os homens tardarem e evitarem consultas no urologista no período da adolescência, na fase dos 16 anos. Muitos chegam na fase adulta sem informação, por isso é necessário o exame conhecido como espermograma.

André, descobriu tardiamente que tinha Varicocele. Raul optou pela vasectomia, mas reverteu logo que conheceu Isabel. Simone e Karina descobriram que tinham suas trompas obstruídas. Problemas diferentes, mas uma meta em comum: todos lutam pelo desejo de uma nova vida. 

Saiba mais sobre essas histórias e um pouco mais sobre as doenças da infertilidade:  

 
Fonte:Fonte: Fantástico (GLOBO) e Dra Isabel Almeida.