Faça seu agendamento: (51) 3222-5410 | 3314-8555 | 3314-8556

Image

Coronavírus e gravidez: o risco é maior?

Com a propagação do Covid-19, muitas gestantes têm se perguntado quais os possíveis riscos. Ainda não se sabe exatamente os efeitos do vírus em pacientes grávidas. Como esse grupo tem a imunidade mais baixa, o risco de adquirirem a infecção é maior do que o de uma não grávida. Por isso, é recomendável que fiquem em casa, evitando aglomerações e lavando as mãos frequentemente.

As mulheres grávidas sofrem modificações no organismo, o que pode intensificar o risco de contraírem doenças. Devem, assim, redobrar os cuidados. As orientações são: cobrir a boca ao tossir ou espirrar, manter os ambientes bem arejados e ventilados, não tocar o rosto (principalmente olhos, nariz e boca), não compartilhar objetos, manter a higienização e evitar o contato físico. Até o momento, não se sabe se o Covid-19 afeta a saúde do bebê ou causa problemas na gestação. Também, não é possível determinar se é transmissível da mãe ao feto, mas na literatura médica, não foram identificados casos de transmissão mãe-filho. 

Em relação ao leite materno, as orientações do Center of Diseases Control (CDC) não estão especificadas para mães que precisam amamentar tendo contraído coronavírus; porém,  sintomas de gripe não são impeditivos da amamentação. Aconselhamos que as mães entrem em contato com profissionais de saúde para verificar qual a postura mais adequada. Caso optem por amamentar, não devem abrir mão de máscara e precisam lavar bem as mãos com água e sabão antes de tocar no bebê. Se possível, ordenhar o leite materno e considerar que uma pessoa saudável dê para o bebê.