Faça seu agendamento: (51) 3222-5410 | 3314-8555 | 3314-8556

Image

Como se proteger do HPV e das DST?

O HPV é o papiloma vírus humano, doença sexualmente transmissível que contém mais de 30 tipos variáveis, transmitidos pelo contato sexual. Alguns são de baixo risco, caracterizando-se por ocasionar lesões verrucosas na área genital (vulva, vagina e região anal). Outros já são de alto risco e podem causar o câncer de colo do útero. É importante ficar atento às formas de prevenção do HPV e demais DST - Doenças Sexualmente Transmissíveis. 

O HPV é altamente contagioso e a prevenção total não é fácil, mas usar preservativo é uma excelente forma de proteção. O preservativo não elimina completamente o risco de transmissão do HPV, pois o vírus também pode ser transmitido pelo contato pele a pele com a área genital, mas continua sendo a forma mais eficaz de proteção contra o HPV e todas as outras doenças sexualmente transmissíveis. Além disto, consultas regulares ao ginecologista, com coleta de exame preventivo de colo uterino, também são importantes.

Mais recentemente, as vacinas para alguns tipos de HPV, direcionadas para um público jovem, de 9 a 26 anos, também têm sido discutidas.

Com relação à fertilidade, a proteção contra todas as doenças sexualmente transmissíveis é de grande importância, uma vez que algumas delas, como a Clamídia, estão associadas com processos inflamatórios pélvicos, obstrução tubária, gestação ectópica (fora do útero) e infertilidade. Outras podem aumentar taxas de abortamento, trabalho de parto prematuro e infecções no recém-nascido.

Lembre-se, em se tratando de doenças sexualmente transmissíveis, PREVENIR ainda é o melhor REMÉDIO.