Faça seu agendamento: (51) 3222-5410 | 3314-8555 | 3314-8556

Image

Blog

A endometriose é uma doença crônica antiga: pesquisas apontam que já era descrita há mais de 4000 anos. A principal característica desse problema é a presença do endométrio - tecido que reveste internamente o útero - fora da cavidade uterina, podendo se localizar nas tubas uterinas, nos ovários, na bexiga, no intestino e até mesmo em órgãos distantes como pulmão e cérebro. Sangramentos, aderências, dor pélvica crônica, desconforto nas relações sexuais e até mesmo a infertilidade são algumas das consequências. 

Uma das dúvidas mais comuns é se existe alguma ligação entre nossa dieta e a chance de conseguir engravidar. Para quem deseja ser mãe e continua comendo besteiras, recomendamos mudar esse hábito: o organismo deve permanecer em equilíbrio, pois melhora a fertilidade. A reprodução, assim como outras funções do organismo, também necessita de vitaminas e minerais. 

Os óvulos disponíveis para a fertilização “in vitro “ (FIV) variam conforme a idade da mulher. O homem passa por um processo semelhante, pois a qualidade dos espermatozoides também se transforma conforme os anos passam. Assim, a reprodução assistida pode ser afetada com resultados menos eficazes. Não é possível parar o tempo; entretanto, há algumas medidas que ajudam o casal a obter mais sucesso com o procedimento. Separamos 9 ações que potencializam os resultados aos casais que estão começando o ciclo de fertilização “in vitro”. Continue a leitura e confira as dicas!

Página 1 de 25